Gourmet Visita: Cervejaria Bamberg

A convite do Hangar 51, que promoverá no próximo domingo a Rocktobierfest, versão rock n’roll da festa da cerveja alemã, fomos visitar a Cervejaria Bamberg, aqui pertinho da nossa cozinha, em Votorantim!

Visita do Gourmet de Araque à Cervejaria Bamberg

Como a Bamberg estará presente na festa com os 9 rótulos de seu portfolio (com exceção das sazonais), resolvemos apresentá-los, um a um. Se você está começando a se aventurar pelo universo das cervejas especiais, elas são um ótimo caminho, com sabores e estilos bem distintos.

Panela de brassagem

Especial Dia das Crianças: Bolo de Churros!

Delicioso bolo de churros de Dona Florinda!

Essa receita foi uma boa surpresa na festa da amiga Camila Lencki, onde levamos nosso cheesecake fodástico. Você chega achando que vai arrasar com seu prato e a aniversariante fez um bolo INCRÍVEL!!

Daí, nós, que não somos bestas nem nada, pedimos a ela a receita e preparamos nossa versão para a sobrinhada no Dia das Crianças que fizemos aqui em casa hoje. Aproveite!

INGREDIENTES
• 3 ovos
• 1 xícara de açúcar
• 2 xícaras de farinha de trigo
• 3 colheres de manteiga
• ½ xícara de leite
• 1 colher de sopa de canela em pó
• 1 colher de sopa de fermento em pó
• 4 latas de leite condensado

PREPARO
1. Pegue as latas de leite condensado, retire os rótulos e raspe a cola. Coloque-as na panela de pressão, cobrindo com água. Feche e conte 30 minutos a partir do momento em que iniciar a fervura. Ao final dos 30 minutos, desligue o fogo e retire as latas com cuidado. Enquanto elas esfriam, faça o bolo!

2. Separe clara e gema dos ovos e prepare as claras em neve. Reserve.
Claras em neve para o bolo de churros

3. Na batedeira, bata as gemas com o açúcar e a manteiga, até ficar uma massa bem homogênea. Adicione, aos poucos, o leite, a farinha de trigo peneirada e a canela em pó. Continue batendo e coloque o fermento.
Batendo a massa do bolo de churros

4. Incorpore as claras em neve, com cuidado. Apenas misture a massa, sem usar a batedeira. Despeje numa forma untada e leve ao forno pré-aquecido a 180°
Receita de bolo de churros

5. Após 25 minutos de forno, verifique o ponto da massa, com um palito. Se estiver assado, retire e aguarde esfriar antes de cobri-lo

6. Verifique também a temperatura das latas de leite condensado. Abra somente se estiverem realmente frias. Coloque o doce de leite num saco de confeitar com bico pitanga e passe a cobrir o bolo, com o padrão que preferir
Receita de bolo de churros

7. Faça inveja para os amigos, postando o bolo pronto!

E agora, polvilhe açúcar com canela e é hora de provar!
Conheça uma receita de bolo de churros delicioso

Dicas:
• Você pode cobrir o bolo com Nutella ou Paçoquita cremosa, ao invés de doce de leite. Deve ficar MUITO BOM, também!
• Você pode chamá-lo de BOLO DE CHURRO, também. Mas como todos aprendemos a falar CHURROS com o Seu Madruga, usamos o nome que preferimos. hahaha

Carne assada na cerveja

Um dos pratos que mais curtimos fazer, sempre numa variação diferente, com novos ingredientes e preparos distintos é esta carne assada na cerveja.

Quase como uma carne de panela, esta receita também é feita na panela de pressão. Vamos a ela!

Ingredientes da carne assada na cerveja

INGREDIENTES:
• 700g de acém cortado em cubos
• 2 cebolas grandes
• 2 cenouras médias
• 3 dentes de alho
• manjericão
• alecrim
• louro
• sal a gosto
• 500mL de cerveja Rauchbier (defumada)

PREPARO
1. Com uma faca afiada, limpe o acém, retirando a gordura ao máximo possível. Ou não retire, caso você goste do seu sabor. rs

2. Na panela de pressão, coloque um fio de óleo, frite rapidamente o alho e reserve. Então, em fogo alto, coloque a carne e frite por 5 minutos, virando os cubos na metade do tempo, apenas para dourar e selá-la.
Frite rapidamente a carne para selá-la

3. Coloque as cebolas na panela e deixe refogar, junto com a carne.
Acrescente as cebolas para refogar

4. Acrescente o alho, a cenoura, manjericão, alecrim fresco e o louro. Misture bem e coloque metade do sal.
Inclua a cenoura e os temperos

5. Agora, despeje a cerveja. Aqui, vale uma consideração:
Nesta receita, utilizamos a Rauchbier da Eisenbahn. Não é a melhor rauch nacional; nem de longe. Mas serve bem para cozinhar. Pra beber, prefira uma Bamberg (esta, a cerveja nacional mais premiada internacionalmente).
Muitas receitas de carne assada na cerveja utilizam a Guinness, que deixa o prato delicioso. Em nossas tentativas, ainda não acertamos bem a proporção de cerveja e carne, então o sabor do malte tem sobressaído demais. A rauch, pelo malte defumado, deixa um fundo de bacon que combina demais com a carne e os demais temperos.
Não utilize a malzbier (normalmente, a cerveja escura mais conhecida do brasileiro). Sua cor, obtida pela adição de caramelo fora do processo de produção natural da cerveja, deixa tudo muito doce. Num prato como esse, estraga todo o equilíbrio que buscamos.
Complete com a cerveja e deixe a carne cozinhar na pressão

6. Tampe a panela e deixe cozinhar na pressão por mais ou menos 25 minutos. Ao abrir, acerte o sal, caso necessário. Se tudo correu como planejado, a cerveja terá quase secado e o fundo da panela estará LOTADO de sabores!

7. Monte o prato e aproveite!
141008-carnecomcerveja-gourmetdearaque6

Omelete de espinafre e alho poró

Mais uma receita rápida e fácil, para a seção República de Araque! Agora, vamos aproveitar as sobras de espinafre para fazer uma omelete (ou, melhor, fritada) de espinafre e alho poró super simples, mas muito saborosa!

Ingredientes para uma omelete de espinafre e alho poró

A receita indicada aqui é suficiente para uma pessoa. Ou duas com pouca fome. E o melhor: pra quem vive sozinho, mal sabe cozinhar e acorda sempre na ressaca, essa receita resolve três problemas de uma vez!

Suco refrescante de erva cidreira, gengibre e mel

Sabe quando você precisa com urgência de um suco refrescante? Essa é a melhor receita!

Mas, antes, vale contar essa história: sábado passado, logo cedo, procurando os ingredientes para o almoço com o Biduck (que será postado aqui em breve), fomos até a feira de orgânicos que temos aqui em Sorocaba. Era nossa primeira visita à feira, cansados, de ressaca e com frio… rs.

E a parte mais divertida da visita, como sempre nas feiras, é conversar com os produtores. Do agricultor que tem jabuticabeiras lotadas de frutas mas, ao invés de vender, prefere que visitemos sua chácara pra comê-las direto do pé à senhorinha japonesa que nos deu todo tipo de dica em hortaliças, descobrimos essa receita simples e rápida, que curou nossa ressaca na hora!

INGREDIENTES:

• 1 maço de erva cidreira
• 1 pedaço generoso de gengibre
• Mel a gosto

PREPARO
1. Com o maço de erva cidreira, prepare uma infusão (essa medida dá pra cerca de 1,8L de chá, como todos chamam a bebida).

2. Deixe a infusão esfriar, coloque-a no liquidificador e junte o gengibre já em lascas e o mel.

3. Shake shake shake e voilà: Seu suco estará pronto pra curar ressaca ou começar aquele detox, já que hoje é segunda-feira!

Suco detox que cura até ressaca!

Dicas:
• Você pode usar o talo da erva cidreira direto no liquidificador, se não quiser fazer a infusão antes
• Coloque rodelas de limão na jarra antes de despejar o suco, para um sabor mais ácido
• Será que dá certo uma versão alcoólica? hehe

10+01 IPAs que você deve beber antes de morrer

1001 IPAs pra beber antes de morrer

Se você já bebe cervejas de verdade há algum tempo, vai me entender:  Demorei pra experimentar, comparar e, enfim, descobrir o meu estilo de cerveja preferido. E isso é bem comum, nessa jornada às cegas, onde cada novo rótulo tem um novo sabor e as diferenças não são tão claras como Coca X Fanta X Fanta Uva X Suco de caixinha X Suco Integral X Xarope de groselha X água.

Daí, só fui entender que IPAs fazem cócegas na língua depois de um bom tempo bebendo menos e bebendo melhor. E fizeram ainda mais sentido ao conhecer a história das cervejas Indian Pale Ale:

Por volta de 1790, as colônias britânicas estabelecidas na índia sentiam falta de um ingrediente essencial na sua dieta: a CERVEJA! Como era impossível produzir cerveja em terras indianas (por falta de água de qualidade, insumos e, também, pela alta temperatura ambiente), tentaram por muito tempo levar barris nos navios ou produzi-la durante a longa viagem, que durava de quatro a cinco meses. Até que, em Londres, George Hodgson teve uma ideia (ou não): fazer uma Pale Ale mais forte e amarga que as demais! O alto teor alcoólico, junto com a dose maior de lúpulo (que dá sabor e impede a proliferação de bactérias deteriorantes) preservariam a cerveja até a Índia. E, só pra garantir, antes de lacrar os barris nos navios, mais uma dose de lúpulo seco era acrescentada (criando o Dry Hopping!).

Daí, essa cerveja muito mais amarga e aromática era desconhecida na Inglaterra até que, em 1827, um navio que seguia pra Índia naufragou na Mar da Irlanda. Alguns do 300 barris resgatados foram leiloados em Liverpool e, subitamente, todos queriam mais dessa “cerveja indiana”!

E quase 200 anos depois, cá estamos nós, listando nossos rótulos preferidos! Como tudo nesse site, nossa opinião é relativa. Depois de provar mais de 70 IPAs diferentes, escolhi algumas que valem MUITO a pena experimentar! Vamos a elas (sem ordem de preferência):

Batatas fritas pra toda ocasião. E o melhor: saudáveis!

Não tem jeito: todos nós ADORAMOS batatas fritas! Mas ou sofremos a vigilância do peso ou das artérias entupidas de gordura, que nos dizem NÃO COMA BATATAS FRITAS!
Então, será que existe uma receita mais saudável? Ou, pelo menos, que tenha mais sabor e menos vilões?

Ela existe! E ainda melhor: é bem mais fácil de preparar!

Então, vamos separar as batatas fritas em dois grupos:
• Aquela batata frita sem cara de batata, mas sequinha e crocante do fast food
• Aquela batata frita que sua mãe faz em casa, que às vezes fica molinha e sem graça, mas que junto do bife acebolado, arroz e feijão é o melhor prato do mundo!

A batata do fast food é difícil de ser reproduzida em casa, por 2 motivos:
• Normalmente, é feita de um purê sem graça, com todo tipo de aditivo, congelado e cortado em “palitos”.
• É frita em fritadeiras com óleo em alta temperatura, com controle exato (ou não) do tempo de submersão.
• Mesmo sorrindo, batatas smiles seguem o mesmo processo de produção. hehe
Fora o fato de servirem-nas na caixinha com óleo e lotada de sal, tal como circos e cinemas fazem com a pipoca, pra você comprar mais refrigerantes.

Até aqui, já deu pra entender por que estamos tão gordos, né?!

Daí, sua mãe sua pra fazer uma batata frita gostosa. E parece que sempre falta algo na receita!

Então, vamos tentar ensinar uma forma de preparo um pouco mais saudável, mas com muito mais sabor! E o melhor: qualquer um consegue fazer. Até mesmo você, que acabou de entrar na faculdade ou mudou de cidade por causa do trampo e só come pratos congelados!
Obs.: Se você acabou de comprar uma Air Frier, deve estar maluco pra testar todo tipo de fritura nela. Aproveite pra fazer esta receita e nos conte o resultado!

INGREDIENTES

• 3 batatas médias
• 1 colher de sopa de azeite
• 1 pitada de sal
• 1 pitada de páprica picante
• 1 pitada de pimenta do reino moída na hora (também serve em pó)
• 1 galho de alecrim (fresco é mais gostoso, mas pode usar seco)
• 1 pitada de noz moscada
• as ervas que você curtir

O segredo? Substituiremos o óleo por SABOR!

1. Corte as batatas em palitos finos. Pra facilitar, deixe a batata “de pé” (lado maior na vertical). Então, corte-a na metade e cada metade em mais 2 partes. Daí, pegue cada pedaço e fatie em tiras finas, como na foto:
Aprenda a fazer batata frita saudável!

Cheesecake dos sonhos

O Cheesecake é, para nós, uma das sobremesas mais simples e gostosas de se preparar! Não é das receitas mais baratas, mas, quando bem feito, garante um “UAU” dos amigos que provam. E a ocasião indicada para prepará-lo era justamente o aniversário de uma grande amiga.

Então, antes de tudo, vale contar que esta receita tem algumas pequenas variações com relação ao que normalmente fazemos. A principal está na base do doce: usamos uma massa podre que ainda tínhamos congelada aqui em casa. Após descongelar na geladeira, de um dia para o outro, vamos abri-la com o rolo!

Abra a massa podre com o rolo

PREPARO DA MASSA

1. Estique uma pequena porção da massa até que ela tenha cerca de 1 centímetro de diâmetro além da forma onde vai montar a sobremesa. Mantenha também a espessura bem fina.

2. Assente a massa na forma de fundo removível, deixando as bordas um pouco mais altas que o centro. Então, com um garfo, distribua alguns furos por toda a superfície (isso evita que a massa crie bolhas que a deformam quando for assada).

Preparando a massa para ser assada

Quentão em plena primavera? Aqui pode!

Sabemos bem que as festas juninas já passaram há mais de 2 meses. Mas eis que buscando em nossos arquivos de receitas, encontramos essa bebida especialmente preparada para a festa Melhores & Piores, que promovemos no Asteroid!

INGREDIENTES (para cerca de 1,5L de quentão)

• 1L de pinga

• 600mL de água

• 2 xícaras de açúcar

• 1 laranja pera

• 2 limões taiti

• 1/2 xícara de gengibre

• cravo e canela em pau a gosto Saiba como preparar um quentão

Te ganhei na caipirinha, te beberiquei…

Quis te dar uma embriagada e me apaixonei… ♫

Como hoje é SEXta-feira, é óbvio que vamos dar a receita da caipirinha perfeita! É pra chegar no churras amanhã arrasando!

INGREDIENTES
• 1 limão taiti
• 3 colheres de chá de açúcar
• 1 pedaço de gengibre
• 12 segundos da sua cachaça preferida (já explico essa medida maluca)
• gelo

Em busca da caipirinha perfeita